O que preciso de saber para cuidar de uma tartaruga doméstica

Ainda que não exija uma companhia humana regular, como acontece com alguns animais de estimação, uma tartaruga doméstica precisa de alguns cuidados especiais, nomeadamente no que diz respeito à alimentação e à manutenção do habitat. A Petslowcost reuniu alguns conselhos fundamentais para que possa proporcionar uma vida saudável a estes simpáticos répteis, cada vez mais populares em Portugal. Ora espreite!

 

Dicas essenciais para tratar de uma tartaruga doméstica

Ainda que o mundo dos répteis possa ser novidade para grande parte das famílias, uma tartaruga doméstica não precisa de muito para que esteja feliz e bem cuidada. No fundo, só precisa de estar atento à adequação do aquário, às condições do seu ambiente e à alimentação. Explicamos-lhe tudo.

 

A escolha do aquário

Aquando da escolha do aquário para o seu réptil, tenha em consideração que estes animais precisam de um espaço que lhes permita nadar e de uma zona seca. É recomendável que o aquário tenha entre quatro a cinco vezes o tamanho da tartaruga doméstica, sendo que a profundidade da água deve ser suficiente para que ela possa mergulhar sem se magoar.

De igual forma, é crucial que este espaço tenha uma zona onde o seu animal possa secar-se completamente e relaxar. Esta ilha deve ser de fácil acesso, pode ser coberta com areia ou cascalho e ter um esconderijo ou uma sombra. Veja, por exemplo, este tabuleiro especialmente desenhado para tartarugas aquáticas.

O controlo da temperatura ambiente

Um dado importante a ter em conta é que as tartarugas, como todos os répteis, precisam de ter uma fonte de calor. Deve, pois, instalar uma lâmpada adequada que forneça radiação ultravioleta. O ideal é que a temperatura ambiente varie entre os 24ºC e os 30ºC. Este cuidado é essencial para que o seu animal possa metabolizar o cálcio e evitar doenças. 

O tratamento da água

É na água que as tartarugas aquáticas passam uma substancial parte do tempo (não se esqueça que estes animais se alimentam e respiram debaixo de água). Assim, é imprescindível que tenha vários cuidados com a sua manutenção. Para evitar a acumulação de sujidade, deve ter um filtro externo que permita fazer uma limpeza permanente. É, ainda, recomendável que a água seja mantida entre os 23ºC e os 29ºC.

Comida para tartaruga doméstica

No que diz respeito à alimentação destes répteis, deve, claro, recorrer às rações especialmente formuladas para tartarugas aquáticas. Pode experimentar esta, por exemplo, na forma de palitos. Depois, pode complementar a dieta com produtos como minhocas, camarões, crustáceos, algas ou espinafres.

 

Cuide do seu pequeno réptil com a ajuda da Petslowcost!


WhatsApp disponível para qualquer questão