Que cuidados essenciais deve ter com o seu papagaio?

Os papagaios são animais de uma beleza fascinante e singular. As suas deslumbrantes características têm vindo a conquistar cada vez mais pessoas. No entanto, estas aves são, também, bastante exigentes. Há determinadas condições que devem mesmo ser garantidas, especialmente no que diz respeito ao espaço e à alimentação. Para que possa usufruir da companhia do seu papagaio durante muitos anos, espreite as dicas que a Petslowcost reuniu para si.

 

Qual a melhor ração para papagaio?

A alimentação destas aves costuma despertar muitas dúvidas entre os donos. Durante muito tempo, perpetuou-se o hábito de tornar as sementes de girassol na base da dieta dos papagaios. Ora, por serem pobres nos nutrientes necessários, por não terem vitamina A e por serem demasiado ricas em gordura, este é um erro a evitar a todo o custo.

 

Desta maneira, para assegurar uma alimentação equilibrada à sua ave, é fundamental providenciar-lhe ração para papagaio. Estes produtos são especialmente concebidos a pensar nas necessidades nutricionais destes animais, reunindo um conjunto de cereais, sementes, frutos, óleos vegetais e um grande número de vitaminas e minerais essenciais.

 

Na Petslowcost encontra, por exemplo, este alimento completo ou este, com uma fórmula de alta energia. De notar que a ração granulada deve constituir cerca de 80% da dieta, que pode ser complementada com frutas, vegetais e cereais.

 

O que pode e não pode comer um papagaio?

A dieta destas aves deve ser, tanto quanto possível, equilibrada e variada. Assim, há alguns alimentos que pode incluir, como:

-       Frutas: maçã, melancia, kiwi, ananás, morangos, damasco, romã, papaia, laranja;

-       Vegetais: espinafres, brócolos, aipo, feijão, cenoura, pimento, couve-flor, rabanete.

 

Porém, existem também produtos que são estritamente proibidos. É o caso da cebola, do abacate, da beringela, da batata crua, da cafeína, do chocolate e alimentos com adição de açúcares, do tomate ou da beringela.

 

Cuidados a ter com a gaiola

Este é outro dos elementos essenciais no equilíbrio e bem-estar do seu papagaio. Assim, aquando da escolha da gaiola, lembre-se de que é essencial que ela tenha espaço suficiente para que a sua ave possa voar e exercitar-se. No mínimo, deve ser suficiente para que, quando o seu animal rodar as asas completamente abertas, ainda sobre algum espaço entre a ponta dos membros e as grades.

 

Além disso, é imprescindível que enriqueça a gaiola com elementos estimulantes. Utilize brinquedos e vários poleiros, de materiais diferentes, para promover a atividade física e mental do seu papagaio.

 

Com os cuidados certos, a sua ave pode gozar de uma vida longa, de várias décadas. Na Petslowcost, trabalhamos diariamente para rechear todos esses anos de momentos felizes!


WhatsApp disponível para qualquer questão