Praia para cães: que cuidados deve ter?

Verão é, para uma grande parte das pessoas, sinónimo de banhos de sol e mar. São, por isso, muitas as famílias que têm a vontade de integrar os seus fiéis companheiros de quatro patas nestes dias passados no areal. Mas a praia para cães será mesmo uma boa ideia? De que cuidados não se pode mesmo prescindir? Para que todos se divirtam com segurança e tranquilidade, reunimos algumas dicas fundamentais.

 

Preparar o dia de praia 

Antes de levar o seu patudo à praia, é aconselhável que consulte o seu médico veterinário. Dessa forma, poderá garantir que não existe nenhum problema, além de poder atualizar a desparasitação ou a vacinação que possa estar atrasada.

 

Além disso, é importante que aproveite a consulta para saber se pode mesmo levar o seu animal consigo, tendo em conta que a idade, ou determinadas patologias, podem representar um impedimento.

 

Encontrar uma praia para cães

Nem todas as praias portuguesas aceitam o acesso, circulação e permanência de cães. No caso das praias não concessionadas, é permitido levar os patudos, desde que não haja sinalização que indique o oposto.

 

No que diz respeito às concessionadas, são poucas as que o permitem. Assim, para que não se sujeite ao pagamento de coima, deve consultar primeiro esta informação. Os cães de assistência, porém, podem entrar em qualquer praia.

 

Algumas dicas de segurança

A praia para cães acarreta alguns riscos, que devem ser calculados e prevenidos. Como tal, há cuidados a relembrar nesta situação:

-       Garanta que o local onde o patudo irá ficar dispõe de sombra. Se a praia não dispuser de locais indicados para o efeito, utilize um guarda-sol. Além disso, coloque protetor solar no seu companheiro. Na Petslowcost encontra, por exemplo, este, com uma textura resistente à água, não oleosa e não pegajosa;

-       Tenha sempre água fresca e limpa à disposição;

-       Relembre-se de que a temperatura da areia pode ser perigosa para as patas. Nas horas de maior calor evite andar na areia seca com o seu cão. Pode ainda recorrer a uma luva invisível para proteger as almofadas plantares;

-       Esteja atento aos sinais que indiciam golpes de calor, como respiração ofegante, aumento repentino da temperatura corporal ou diarreia. Se detetar este problema, contacte um médico veterinário;

 

Diversões de verão

Cães na praia é, regra geral, sinónimo de muita animação em família. Com este colete, por exemplo, o seu companheiro pode acompanhá-lo em diversas atividades aquáticas. Outra boa sugestão é este brinquedo flutuante, concebido para ser lançado para a água, para que o seu cão se divirta a apanhá-lo. Para acabar o dia, nada melhor do que um refrescante e saboroso gelado para cães.

 

Divirta-se em segurança com o seu patudo, com a excelência dos produtos da Petslowcost!


WhatsApp disponível para qualquer questão