Cão triste? Conheça os sinais de depressão

A depressão canina é um problema que afeta cada vez mais animais. No entanto, é comum que os donos tenham dificuldade em associar alguns sintomas a este diagnóstico. Por esse motivo, é muito importante que as famílias estejam atentas a alguns sinais indicativos deste quadro. Se sente o seu cão triste, com pouco apetite ou sem energia, a Petslowcost tem algumas dicas importantes para o ajudar a perceber o que se passa.

 

Sintomas de depressão nos cães

Há alguns sinais frequentes entre os cães que se revelam deprimidos. Entre eles, podemos destacar:

 

-       Quando estão deprimidos, estes patudos tendem a sentir menos vontade de brincar, correr ou passear. A falta de energia e a apatia são, pois, alguns dos sinais mais reveladores deste problema;

-       A perda de apetite pode também ser um indicador importante. Se nota modificações significativas nos hábitos alimentares do seu animal, é importante que fique alerta;

-       As alterações nas rotinas de sono podem indiciar perturbações desta ordem. Quando deprimidos, os cães tendem a passar mais tempo a dormir;

-       Surgimento de stress e ansiedade;

-       A tristeza profunda pode ainda ser detetada através de alguns sinais, como a cauda para baixo, ou entre as pernas, as orelhas caídas, o olhar cabisbaixo ou a intolerância ao toque (por vezes acompanhada de maior agressividade).

 

Cão triste: causas comuns de depressão

Ainda que exista uma infinidade de motivos possíveis para o desenvolvimento da depressão canina, há algumas situações que podem potenciar o aparecimento desta doença. Para a poder prevenir, ou estar atento ao seu surgimento, é importante que conheça esses contextos.

 

Deste modo, o condicionamento dos movimentos e do espaço para brincar e correr, a perda do tutor ou de um animal de companhia, a solidão ou as alterações repentinas na rotina, por exemplo, são fatores que comummente justificam a perturbação no bem estar do patudo.

 

Como tratar a depressão canina?

Ainda que não exista um tratamento totalmente eficaz para tratar um cão triste e deprimido, é importante que, ao detetar os sintomas mencionados, consulte o seu médico veterinário. Além disso, deve adotar alguns cuidados especiais, como:

 

-       Passear o patudo com maior regularidade, experimentar brincadeiras e brinquedos novos, estimular o exercício físico e o desgaste de energia;

-       Não se esquecer de recompensar os comportamentos positivos. Pode utilizar estes biscoitos para o efeito, por exemplo;

-       Manter uma rotina diária consistente e assegurar que o cão dispõe de um espaço confortável e calmo para repousar.

 

Na Petslowcost, estamos preparados para acompanhar o seu patudo em todos os momentos da sua vida, sempre com produtos de excelência. Visite-nos!

 


WhatsApp disponível para qualquer questão